O que fez o Zac Efron aceitar interpretar Ted Bundy em “Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile”

1 de Fevereiro de 2019

Leiam em baixo a tradução de uma entrevista do Zac Efron e do realizador Joe Berlinger para a Variety onde os dois falam sobre a escolha do ator para o papel de Ted Bundy em Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile e sobre o que fez o ator aceitar este mesmo papel:

Zac Efron não tinha a certeza se poderia interpretar Ted Bundy em “Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile”. “Inicialmente, tive reservas sobre interpretar um assassino em série”, diz Efron à Variety na sua primeira entrevista sobre o projeto. “Já vi pessoas fazerem filmes com este tema que acabam por se transformar em filmes terror. E sempre têm muita morte. Acho que já vi isso demasiadas vezes.”

[…]

O papel é uma saída da rotina para Efron, que é mais conhecido pelos seus papéis mais amigáveis em comédias como “Neighbours” ou “Baywatch”. Há uma tradição de ex-estrelas da Disney de gravitar em direção a material escuro para provar o seu potencial. Mas isto não foi o que atraiu Efron a este projeto. “Este filme é realmente sobre um ser humano, alguém que talvez pudesse ser meu amigo. É uma história de amor de uma perspectiva única. Nunca vi isto antes. É intrigante para mim. Acho que é mais psicológico e mais que um pensamento.”

O mês de janeiro marca o 30º aniversário da execução de Bundy, e há um interesse renovado nos seus crimes. Curiosamente, os dois projetos Bundy de alto perfil são da mesma pessoa. Os documentários da Netflix “Conversas com um assassino: As gravações de Ted Bundy” foram também realizadas por Joe Berlinger. “Passei os últimos dois anos profundamente imerso em Bundy, com guiões e sem guiões”, diz Berlinger. Para o seu primeiro filme narrativo, no qual Berlinger estava a trabalhar na mesma época, ele sabia como queria abordar a vida de Bundy.

“Apenas achei que era uma forma interessante de contar a história, para transformar o género dos pés à cabeça”, diz Berlinger, que tem uma longa carreira a fazer documentários sobre crimes reais, incluindo a série “Paradise Lost”. “Não estamos com Ted enquanto ele está a cometer os crimes.” Berlinger decidiu concentrar-se no relacionamento de Bundy com a sua namorada de longa data. “O que eu queria fazer é colocar a questão: será um psicopata é capaz de amar? Por é que ele não a matou?”

Ao contrário da maioria dos filmes independentes, “Extremely Wicked” formou-se rapidamente. Berlinger leu o guião dos seus agentes na CAA e gostou da ideia de ter o Zac Efron como Bundy, porque jogava contra a sua personagem agradável. “Ele tem 37 milhões de seguidores no Instagram e é seguido por uma certa idade de jovens mulheres”, diz Berlinger. “Como o personagem de Bundy está tão envolvido no seu sex appeal e charme, adorei a ideia de subverter o charme sexual e o charme do Zac.”, diz Berlinger. “Estava a caminho da África do Sul, prestes a descolar do JFK, quando recebo um email dos meus agentes a dizer que o Zac Efron pode querer dar uma vista de olhos no guião, respondi ‘Uau, ótima ideia. Dada a natureza do guião, ele seria perfeito. Claro, envia-lhe o guião’, 36 horas depois recebo um novo email: ‘Zac já leu o guião, e adora, quer falar contigo.’ Demoramos um pouco para nos encontrar mas finalmente tivemos uma ótima conversa de duas horas.”

Efron teve que passar por uma transformação física dramática para interpretar Bundy. Só comeu alimentos à base de plantas para emagrecer. “Perdi 13 quilos”, diz Efron. “Foi uma grande transformação e mudança de estilo de vida. Tenho uma bicicleta de estrada que ando por aí, bem, em todo lugar. Todas as manhãs levantava e andava de bicicleta por uma hora e assistia a um episódico de “Ozark”. Não estava a comer carbonatos. Controlei realmente a minha dieta.”

O ator estudou filmagens de Bundy no seu julgamento. “Algo clicou muito cedo, e foi muito assustador”, diz Efron. “Era como se o Ted e eu tivéssemos um pouco em comum na forma como nos mexíamos. Existem alguns maneirismos. Podes dizer que ele é um pouco tímido. Ele é meio tímido. Ele é um homem bem falado, mas esconde a sua ansiedade com um sorriso. Não queria fazer muita imitação.”

Como parte da sua pesquisa, Efron também passou algum tempo a conversar com pessoas que conheciam Bundy. “Muitos deles ficaram chocados”, diz Efron. “Eles não podiam acreditar que um indivíduo tão calmo, agradável, inteligente, sorridente e calmo fosse responsável por crimes tão terríveis e horríveis. E isso torna-o ainda mais fascinante, porque na verdade ele era amado por quase todos ao seu redor. Até mesmo as pessoas na prisão aproveitavam o seu tempo com Ted Bundy.”

Efron sabia que tinha que andar numa linha fina com o filme. ” Sinto-me responsável por garantir que este filme não seja uma celebração de Ted Bundy”, diz Efron. “Ou uma glorificação dele. Mas, definitivamente, um estudo psicológico de quem era essa pessoa. Nisso, há honestidade.”

Publicado por: Juliana
Categorias: Artigos, Entrevistas, Filmes, Notícias, Wicked Evil and Vile, Zac Efron
comentários

LA Times Studio [2019 Sundance Film Festival]

27 de Janeiro de 2019

[26 de janeiro] Deixamo-vos a entrevista que Joe Berlinger, Zac Efron e Lily Collins deram ao Los Angeles Times, no Sundance Film Festival.

O Zac Efron conta que inicialmente estava hesitante em aceitar o papel de Ted Bundy, e que ficou surpreendido ao ler o guião e perceber o que o filme seria.

Joe Berlinger, o director do filme, diz que o filme não pretende glorificar assassínos em série, mas sim contar a história de alguém que caiu na armadilha de um psicopata.

Vejam a entrevista na integra:

Publicado por: Elisabete
Categorias: Entrevistas, Notícias, Videos, Wicked Evil and Vile
comentários

The Hollywood Reporter Studio [2019 Sundance Film Festival]

27 de Janeiro de 2019

[26 de janeiro] Zac Efron juntou-se aos seus colegas de elenco e realizador de Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile para falar sobre o filme nos estúdios do The Hollywood Reporter.

Cliquem nas miniaturas em baixo e confiram as fotos:

Confiram vídeos da entrevista em baixo:

Publicado por: Juliana
Categorias: Entrevistas, Eventos, Fotos, Notícias, Videos, Wicked Evil and Vile
comentários

Entrevista para a revista PEOPLE

13 de Janeiro de 2019

Podem ler aqui um artigo da revista PEOPLE, onde o Zac Efron fala sobre a sua rotina de exercícios e a sua parceria com a Amazon Sports.

Zac Efron diz que o seu treino para os filmes não é uma forma de exercício para o dia-a-dia

O Zac Efron pode ser famoso pela sua figura atlética em filmes como o Baywatch e Dirty Grandpa, mas o actor diz que o seu regime de treino para os filmes não deve fazer parte de uma rotina normal.  

O actor de 31 anos, que se juntou à Amazon Sports para criar uma lista dos seus artigos de fitness preferidos, disse à PEOPLE que leva o treino para os filmes “Como um evento Olímpico”.

É definitivamente divertido, porque dás tudo em termos de ética de trabalho e vês até onde consegues ir”, diz ele. “É por um período limitado de tempo, mas não considero que seja uma forma saudável ou normal de treinar no dia-a-dia”.

Mesmo estando numa forma física impecável em alguns dos seus papéis, Efron diz que por vezes sofria mentalmente.

O meu humor andava terrível”, diz ele. “Em retrospectiva, posso olhar para trás e dizer isso. As pessoas não me diziam nada, mas eu conseguia sentir a falta de hidratos de carbono”.

A estrela de Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile diz que quando não está a filmar, a sua rotina é bastante diferente.

É tão melhor estar de folga e estar livre. Adoro poder acordar e fazer o que quiser. Não me sinto obrigado a treinar ou a comer determinada coisa”, diz ele. Apesar de tentar exercitar-se todos os dias, o seu foco principal é treinar a mobilidade e aumentar a quantidade de alongamentos na sua rotina diária.

Eu quero poder fazer tudo, ser capaz de fazer o que a vida precisar que faça, por isso faço tantos alongamentos como exercícios”, diz ele.

Quando está na estrada ou a viajar, Efron gosta de se exercitar ao ar livre ou treinar usando equipamentos como bandas de resistência, um tapete de ginástica e auriculares sem fios. Outros dos seus produtos favoritos presentes na sua lista da Amazon Sports incluem uma bola medicinal, um rolo de espuma e a liquidificadora Vitamix.

Já encomendei muita coisa e sei que funciona, e é super eficaz, e é uma óptima forma de conseguir manter-me motivado em diferentes momentos da minha vida”, diz ele.

Podem consultar a sua lista completa de produtos em www.amazon.com/zacefron.

Artigo original escrito por Jessica Fecteau 

Publicado por: Elisabete
Categorias: Artigos, Entrevistas, Notícias, Zac Efron
comentários

Entrevista: “A essência de ser um cavalheiro”, para a revista Nobleman

19 de Setembro de 2018

Deixamo-vos com um artigo publicado pela revista Nobleman, onde falam com o Zac Efron sobre a sua carreira, a colaboração com a Hugo Boss:

A ESSÊNCIA DE SER UM CAVALHEIRO: ZAC EFRON
Se parece que o Zac Efron está nos olhos do público há muito tempo, é porque está mesmo. Por mais de metade da sua vida, o Zac foi protagonista de vários projectos importantes, desde a muito bem sucedida série High School Musical até ao seu último projecto, o “Greatest Showman”, onde contracenou ao lado de Hugh Jackman.
Os fundadores da NOBLEMAN, Doug e Lydia McLaughlin, passaram algum tempo com o jovem mas talentoso actor, durante um raro momento de pausa.

Parabéns pelo teu sucesso [Mostrando a última edição da revista NOBLEMAN, com o Hugh Jackman na capa]. Deves estar feliz em ver a evolução da tua carreira.
Estou feliz por chegar ao nível do Hugh Jackman. Ele é um óptimo exemplo a seguir. Ele está para além daquilo que queres num estúdio de cinema. É um sonho tornado realidade, trabalhar com uma das melhores pessoas de sempre. Gostei muito de fazer parte deste projecto.

O teu último projecto foi com o Hugh no “Greatest Showman”. Gostámos de ver o quão bem o filme foi recebido.
O “Greatest Showman” foi um óptimo projecto; Tivemos sorte em ser uma óptima história, onde os personagens foram bem trabalhados, e onde tivemos a oportunidade de trazer o nosso próprio estilo, e eu estava entusiasmado em fazer parte disso.

Gostávamos de falar sobre a Hugo Boss e como é que te envolveste com a marca. Há quando tempo é que trabalhas com eles?
Tenho trabalhado com eles nos últimos 2 anos. Tivemos a oportunidade de viajar o mundo. Tem sido muito divertido! Foi a primeira marca com a qual senti afinidade, e nunca tinha feito nenhum tipo de campanha assim. Honestamente, eu não sabia quais seriam as responsabilidades e espectativas, mas até agora tem sido como passar o tempo com amigos. Eles criam um bom ambiente para as pessoas, e eu adoro.

Qual é o teu perfume preferido da Hugo?
Apesar de eles desenvolverem novos perfumes constantemente, os clássicos são óptimos. Gosto muito do Hugo Iced, que desenvolvemos juntos no ano passado. A nova fragrância é boa, porque tem um cheiro muito masculino – tem uma essência amadeirada com um toque de flores, portanto é doce amadeirado, mantendo-se masculina.

Parece que te estás a tornar um especialista. [Risos]
[Risos] Eu sei o que cheira bem quando o ponho em mim, é isso que posso dizer. [Falando das suas preferências, ele continua] Por exemplo, tudo o que tenha toranja ou citrinos, simplesmente cheira estranho na minha pele.

Bem, isso é mais do que a maioria dos homens sabe – a maioria simplesmente vai no “Isso cheira bem” ou “Isso cheira mal”. É bom que consigas identificar o que gostas.
Sim, é importante encontrares o perfume certo para ti. Mas a marca Hugo é muito versátil – adapta-se a vários tipos de pessoas.

Tens algum perfume para ocasiões especiais? Um perfume que uses quando sais com os amigos ou quando sais à noite?
As pessoas dizem-me que cheiro a ginásio. [Risos] Costumo usar algo súbtil, uma das fragâncias da Hugo. Usar perfume a mais estraga tudo. Menos é mais, e encontrares algo com a qual te identificas é o melhor.

Falando de fragrâncias, sem ser colónias ou perfumes, tens um cheiro preferido?
Acho que há coisas que são profundamente enraízadas em ti quando és pequeno, e que te trazem memórias felizes… Cada vez que sinto o cheiro de hortências, penso na minha mãe, porque é a sua flor preferida. Há cheiros que me lembram do Hawaii, a praia e estar lá. Eu associo diferentes cheiros a diferentes pessoas. Se eu gostar de uma pessoa, aprendo a gostar de determinado cheiro.

Falando um bocado sobre estilo… Porquê que devem os homens preocupar-se com o estilo?
Está enraízado em ti desde pequeno que deves estar sempre no teu melhor. Acho que os velhos hábitos mudaram drasticamente, para mim. Agora, a forma como te vestes é uma forma de auto-expressão, e ninguém o faz melhor que os jovens. Todos estão a encontrar o seu próprio estilo. Estamos a voltar a usar coisas dos anos 90. Mas não há nada como o clássico. Homens como o Cary Grant, personagens como o James Bond… Aquele homem com ar clássico e elegante. Há magia nisso, há “Greastest Showman” nisso. Não tenho a certeza qual é o meu estilo – tem tendência a mudar todos os dias.

Tens no teu armário algum artigo preferido?
Muitas das minhas coisas são nostálgicas – coisas que trouxe de concertos, sítios ou espectáculos. A primeira vez que conheci o Chance The Rapper, ele deu-me um boné da marca dele e ainda o tenho no meu armário. Também tenho roupa básica, ténis brancos, sapatilhas – algo com a qual podes ir correr mas também andar de skate. Um bom par de calças de ganga. Estou a tentar limitar-me a poucas opções. Acabei de limpar o meu armário há pouco tempo.

Limpar o armário, investir em artigos intemporais, comprar peças versáteis.
Exactamente! Uma vez que encontres peças versáteis, fica com elas para sempre.

Algumas dicas de estilo essenciais?
Se tens coisas que não usas há 6 meses, ou se estão no fundo da pilha, ou a ganhar pó, dá-las a um amigo. Não interessa o quão fixe seja, se não as tens usado, livra-te delas.

Qual o significado de aventura para ti?
Tanta coisa. Descoberta – encontrar coisas novas. Aventura, para mim, lembra-me sempre o Peter Pan, a ideia de ser jovem para sempre. Para mim, significa ser para sempre um estudante da vida. Estou sempre rodeado de pessoas brilhantes. Fui abençoado, desde novo, por ter a oportunidade de estar com esse tipo de pessoas. Pessoas como o Kenny Ortega [produtor, director e coreografo do High School Musical], Burr Steers [17 Again, Charlie St. Cloud]. Pessoas como o Hugh Jackman e o director do Greatest Showman, Michael Gracey.
Consegui ver o que eles passaram, as suas experiências, e aprender com isso. Tenho muita sorte em ter testemunhado os seus níveis de felicidade e maturidade, mantendo a procura de respostas com mentalidade jovem. Eles vivem uma aventura! Se manteres os olhos abertos e fores curioso, a aventura nunca acaba – encontras aventura em todo o lado.
Vivemos numa geração em que quase todas as pessoas estão nas redes sociais ou têm acesso a dispositivos electrónicos. Temos muito poder na ponta dos nossos dedos, mas também nos pode impedir de ver o mundo. Segue os teus sonhos, e encontra uma aventura.

Local favorito para férias?
O laboratório secreto do Elon Musk.

O que está na tua lista de desejos este ano?
Mais tempo com a minha família e amigos e construir um novo estúdio/local de trabalho para a minha empresa.

O teu bem mais estimado?
Não tenho uma só coisa, e muda de dia para dia. Se estiver a fazer uma viagem de mochila às costas, é um isqueiro de pedra, o relógio certo ou os meus skates. As minhas bolas de beisebol. O meu autógrafo do Kobe Bryant.

Como definirias um homem nobre? (Nobleman, nome da revista)
[Aponta para a revista com o Hugh Jackman na capa] Simples.

Um cavalheiro é sempre…
Consciente e cuidadoso.

Fotografia por John Russo
Entrevista por Doug e Lydia McLaughlin

Publicado por: Elisabete
Categorias: Artigos, Entrevistas, Notícias
comentários

Novas fotos do Zac Efron para a HUGO

17 de Abril de 2018

Foram divulgadas pela Glamour México novas fotos da recente sessão fotográfica do Zac Efron para a HUGO.

Juntamente com as fotos foram reveladas algumas curiosidades sobre o ator, leiam em baixo:

NOME ÚNICO
O seu nome completo é Zachary David Alexander Efron. “Efron” vem da palavra hebraica que significa “cotovia”. Os seus bisavós paternos foram imigrantes judeus vindos da Polónia.

NOVO VEGAN
Este ano o ator decidiu despedir-se da carne e começar uma dieta vegan. “Tenho experimentado uma nova forma de comer puramente vegan. Isto mudou completamente a forma como o meu metabolismo funciona, a minha energia e até mesmo como durmo “, disse o ator à Teen Vogue.

AMANTE DOS ANIMAIS
Recentemente o ator resgatou uma cadela chamado MACA. Foi um ato tão doce que se tornou viral!

AMOR PELA SÉTIMA ARTE
Apesar de cantar em High School Musical, a sua principal paixão é a interpretação, por isso, recusou um contrato musical de Simon Cowell, quando era adolescente. Ele assegurou que a sua prioridade é interpretar.

DESPORTISTA EXTREMO
O ator é fã de desporto. Os seus favoritos? Golfe, esqui, escalada, snowboard e até surf.

SABIAS QUÊ?
No seu tempo livre ele gosta de arranjar carros. Restaurou um 65 ‘Mustang que pertencia ao seu avô e gabou-se dele nas redes sociais.

HOMEM COM OBJETIVOS
A fragrância masculina HUGO Urban Journey, criada para incentivar a geração milánio a explorar a cidade à porta de sua casa antes de se aventurar pelo mundo exterior, tem Zac Efron como embaixador.

NOVOS CAMINHOS
Esta fragrância vai incentivar os jovens de hoje a aproveitar novas oportunidades para viver a vida ao máximo.

VIVER AO MÁXIMO
“É fácil passar pela vida e deixar as coisas acontecerem, mas tu podes mudar isso escolhendo novas aventuras, só temos uma vida, e devemos aproveitar ao máximo. Agora é a hora de explorar o que temos diante de nós. Aventura-te hoje e deixa a mudança transformar a tua perspectiva da vida, o teu momento é agora, de que estás à espera? “

Publicado por: Juliana
Categorias: Artigos, Entrevistas, Fotos, HUGO, Notícias, Sessões Fotográficas, Zac Efron
comentários

Teen Vogue: Zac Efron partilha a sua rotina de higiene e conselhos para a vida

6 de Abril de 2018

Zac Efron passou por muitos papéis desde os seus dias em High School Musical. A salvar vidas em Baywatch a balançar num trapézio com Zendaya em The Greatest Showman, (e até no seu mais recente projeto, que conta a história perturbadora do assassino em série Ted Bundy), ele já interpretou várias personagens diferentes. A cada novo projeto, ele aprende muitas coisas inesperadas – algumas das quais ele partilhou connosco numa recente conversa.

Para dar início ao lançamento da nova fragrância da Hugo: Urban Journey, Zac Efron contou-nos tudo o que sempre quisemos saber sobre a sua afinidade com os tubarões-tigre, pensamentos sobre o auto-cuidado e conselhos gerais sobre a vida.

A coisa mais importante que aprendeu ao longo do seu caminho? “Tens de estar confortável com quem és e usar muito protetor solar.”

Se tivesses um dia livre em qualquer cidade do mundo, o que fazias durante esse dia?

Adoraria apenas explorar. Sou um grande fã de gastronomia, então definitivamente visitaria os melhores restaurantes. Adoro caminhadas na natureza, e amo andar no subsolo. Raramente consigo fazer isso.

Também ouvi dizer que és um caçador de emoções. Tens alguma história que gostarias de partilhar?

Fiz algumas coisas bem loucas, como saltar de um helicóptero a partir de 4.000 pés com o Bear Grylls. Comecei a andar de bicicleta e quando começas a andar rápido de bicicleta, é como se estivesses a dirigir uma moto – porque são tão rápidas e fáceis de usar. Fiz alguns triatlos, e todas as vezes que terminas um deles, definitivamente sentes-te como se tivesses escapado a algo incrível. No Hawaii, mergulhei com tubarões-tigre, o que não recomendaria a ninguém. Não tentem. Sobrevivi para contar a história.

Além da procura de emoção e de te preparares para os teus papéis, o treino desempenha algum outro papel na tua vida? Afeta o teu auto-cuidado?

Quando era mais jovem, era uma sensação de estabilidade e algo que tinha que fazer todos os dias – uma das poucas coisas que podia fazer e saber que estava a fazer o meu trabalho de casa; Senti que estava a ficar na pista quando estava a treinar. Agora, tornou-se muito mais um estilo de vida e filosofia. Acho que quero ser capaz de fazer o que sou capaz agora, quando tiver 50, 60, 70 anos – como o meu bisavô, que ainda está a esquiar e a nadar 20, 30 voltas numa piscina do tamanho de uma dos olímpicos.

Mudando de assunto, achas que o papel que o auto-cuidado desempenha na tua vida mudou desde os teus dias em High School Musical?

Assim como tudo, eu acordo, olho ao espelho e vejo as imperfeições e as olheiras sob os meus olhos, e penso: “Oh, pá, isto é realmente o melhor que eu já estive?” Recentemente, o que comecei a fazer é procurar a cura interior do que está a causar os sintomas do que estou a receber do lado de fora. Obter mais sono realmente tirou as olheiras sob os meus olhos, então não preciso de me preocupar com isso. Há outras mudanças no estilo de vida – tenho experimentado comer puramente vegan. Isto mudou completamente a forma de que o meu corpo funciona, e a maneira que o meu metabolismo trabalha a comida, e a maneira como ela se transforma em energia, a forma como durmo, tem sido brilhante, tem sido ótimo para o meu exercício e ótimo para a minha rotina.

Podes me acompanhar na tua rotina diária de cuidados? Alguma dica ou truque que valha a pena partilhar?

Quando estou a filmar um filme, o meu regime de beleza é intenso. São necessários dois ou três profissionais para me fazerem ficar tão bem. Mas, quando estou em casa ou estou a trabalhar e não uso maquilhagem intensa, acho que fica mais fácil. Acho que tens de aprender a te arranjar e aprender a te barbear adequadamente. Aprendi isto através de um barbeiro muito simpático, como fazer a barba adequadamente, o que ajuda muito a minha pele. E também, às vezes, adoro deixar a pele respirar.

Existe alguma coisa que fazes como parte da tua rotina que te dá um impulso extra de confiança para te sentires pronto para o tapete vermelho?

Um bom fato, bem costurado sempre te faz sentir bem antes de saires, e muitas respirações profundas antes de pisar o tapete vermelho. Tirarem uma foto tua – ficares de pé num lugar e depois dizerem-te para onde virares – é o mais estranho que te podes sentir, então precisas de te preparar mentalmente para isso. Felizmente, quando faço isso, estou a fazê-lo num bom fato, então já me sinto feliz.

Por falar em transformações, o cabelo e a maquilhagem de The Greatest Showman estavam realmente espectaculares. Trouxeste alguma dica do set para casa?

Acho que a maior dica de beleza que recebi foi provavelmente do desempenho da Keala Settle como a mulher de barba – e essa dica é de te orgulhares de quem és, independentemente de qualquer coisa. Eu sou eu. Sou só eu. Esta música [“This is Me”] é realmente uma dica de beleza em si. Tem orgulho da tua aparência e de quem és, porque nada pode tirar isso de ti. És muito mais do que o que está por fora.

Publicado por: Juliana
Categorias: Artigos, Entrevistas, HUGO, Notícias, Zac Efron
comentários