Outside: “A vida secreta do Zac Efron”

11 de Outubro de 2017

Leiam em baixo a tradução de uma recente entrevista do Zac Efron para o site Outside, onde o mesmo fala sobre a sua paixão pela aventura e a sua colaboração coma Columbia Sportswear.

Neste ponto, a vida do Zac Efron parece completamente pública: já teve a sua vida amorosa nas revistas, não é tímido em tirar a sua camisola, e é bastante aberto sobre ter ido para a reabilitação. Mas quando a Columbia Sportswear o recrutou a ele e ao seu irmão mais novo, Dylan – que é um triatleta Ironman e pescador dedicado – para testar os produtos para uma nova campanha publicitária, o mundo soube que o Zac Efron é realmente muito confortável a correr por lugares selvagens. Crescendo na Califórnia Central, os irmãos frequentemente saíram em busca de riachos, saltos de penhascos e outras aventuras.

Este verão, Columbia enviou os irmãos Efron ao Parque Nacional Glacier como parte da sua série Tested Tough, e os rapazes filmaram todo o caminho até o topo do Continental Divide Trail. Algumas horas depois, a Columbia publicou um vídeo da viagem, apanhamos o Zac Efron por telefone em Los Angeles para perguntar-lhe sobre o seu hábito secreto de aventuras ao ar livre, acompanhando o seu irmão mais novo e a sua fantástica e recém-personalizada carrinha.

Fala-me sobre esta carrinha que tu e o teu irmão arranjaram.

É um sonho tornado realidade. Muitas crianças brincam com diferentes tipos de carros, e todos queriam o Batmobile ou um carro da NASCAR. Eu queria uma carrinha. E isto é tudo o que eu queria – como uma casa móvel, eu poderia estacionar em qualquer lugar nos arbustos e simplesmente viver.

Queres dizer um tipo de carrinha como o Chris Farley?

[Risos] Sim. Acho que começou porque os meus avós costumavam ter uma e eles vivem no norte, em Oregon. E nós faziamos muitas viagens familiares em Westfalia. E havia um fogão nessa carrinha. Foi uma coisa incrível.

Então, igual à que tens agora?

Esta foi atualizada. Conseguimos modernizar.

Modernizar como Rock ou como rockstar?

Não, como The Rock. Uma super carrinha. Nós a chamamos de The Wolf porque está coberta não apenas com tinta, mas com Rhino Lining. Há muito espaço nela. É super divertido conduzi-la. Tem grandes pneus. Todos os produtos electrónicos são de painéis solares. Ela funciona com combustível diesel, que é agradável e eficaz e acessível.

O teu irmão é um homem e um triatleta bem realizado. Ele o puxou-te para estas coisas como adulto?

Sempre esteve no nosso sangue. Nós fazemos isto desde jovens. Esta é a única maneira de nos divertir-mos. Realmente não temos parques de diversões ou nada. Vamos à praia ou conduzimos para um lado ao outro, onde há caminhadas para riachos ou fontes termais e esse tipo de coisas. É uma espécie de tesouro, onde crescemos. Encontramos os mais épicos saltos de penhasco no outro dia. Foi bonito.

Qual é a vossa dinâmica de irmãos enquanto exploram?

Depende. Quero dizer, se somos realmente apenas nós lá fora e estamos apenas a caminhar, é muito diferente do que fazer com uma equipa de câmara. Eu sou um pouco mais experiente em câmara, então eu sei o que é importante ou o que talvez seja necessário fazer. Então, tenho uma perspectiva um pouco diferente sobre isso.

Algum de vocês empurra o ritmo, enquanto o outro pára para cheirar as flores?

Quero dizer, sou eu que tenho de o acompanhar. Geralmente é assim. Mas é divertido porque ele empurra-me aos limites e eu também o faço, de outras maneiras. Sou sempre o primeiro a testar a água e a ver se é suficientemente profunda num salto de penhasco. Mas ele é o único a começar o fogo ou a certificar-se de que estamos no caminho certo.

Procuras adrenalina quando estás fora? Ou mais paz e solidão?

Ambos. Apenas voltas a ser real. A cidade suga a tua energia. Podes entrar nestas pequenas discussões na estrada mas estas acabam em dois segundos. Temos de permanecer juntos. Estamos presos um ao outro quando estamos numa viagem como essa. Então trabalhas com os teus problemas. Nós provavelmente aprendemos mais sobre um e o outro em quatro dias na estrada do que fizemos durante um mês inteiro relaxados em casa.

Tens interpretado um rapaz de festas em vários filmes. Achas que este projeto com a Columbia, e geralmente sendo mais aventureiro, mudará a forma como as pessoas te vêm ou os papéis que te oferecerem?

Sim, espero que sim. No início a ideia foi semelhante, tive este segredo guardado muito tempo. Posso ir a qualquer lugar e posso estar sozinho. Sei como fazer isso. Aprendi a acampar. Mas temos uma geração de pessoas que não sabem como ou não viram ninguém realmente a fazer isto ou não sabem o que significa escapar. Esta foi uma oportunidade para fazer uma parceria com uma marca sólida que está a usar materiais recicláveis ​​para fazer casacos impressionantes que ajudaram-me a mim e ao o meu irmãoa cruzarmos o Continental Divide. Se podermos mostrar às pessoas quais são estes lugares e por que o mundo vale a pena salvar, então estamos de alguma forma a ajudar. É apenas um apelo à nossa geração para mudarem.

Qual é a próxima viagem ao ar livre com a qual estás entusiasmado?

Provavelmente, para o topo do Griffith Park, em Los Angeles. [risos] Mas o top, top, top o caminho para o topo. Podes olhar para Griffith, é divertido. É lindo. Para mim, o primeiro passo é sair para fora. Depois disso, tudo está em jogo.

Então, com os recursos para ir a qualquer lugar do mundo, escolhes Griffith Park?

Quero dizer, há tantos lugares que quero ver. Sabes, eu e o meu irmão gostamos bastante de ir pescar. E isso é algo que o meu pai também gosta de fazer e ele é muito bom e agora podemos pagar estas viagens. Então, é bom poder ir. Temos a carrinha e por isso temos zero desculpas. Vamos pescar. Eu tenho tudo. Vamos. E poder ser essa pessoa para a minha família, aquele que nos leva para fora, essa pessoa é o que eu quero ser.

Publicado por: Juliana
Categorias: Artigos, Campanhas, Columbia Sportswear, Entrevistas, Notícias, Zac Efron
comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *