Sejam bem vindos ao site Zac Efron Portugal, desde 2008 a apoiar o ator Zac Efron em português. Neste site, criado por fãs, podem encontrar as últimas notícias, fotos e vídeos dos projetos profissionais e pessoais do ator.

Explorem o conteúdo do site, descobram mais acerca do Zac Efron e da equipa do site, e naveguem no mar de fotos que temos disponíveis na nossa galeria!


08/28/2015

Como retratar a cultura musical dos DJ? Assinado pelo estreante Max Joseph, “Nós Somos Teus Amigos” é uma tentativa de responder a tal pergunta, através de um estilo que nem sempre se consegue libertar de alguma retórica televisiva. Como filmar — isto é, como conferir corpo cinematográfico — à cultura musical dos DJ?

Digamos que um filme como “Nós Somos Teus Amigos” tenta ser uma resposta concisa a essa questão. E com resultados que oscilam entre a sedução e a frustração — sedução porque vislumbramos a hipótese de tal culltura gerar as suas próprias narrativas e metáforas; frustração porque, em boa verdade, este é um filme indeciso em relação ao seu próprio alcance.

O problema maior está, talvez, no facto de Max Joseph (realizador estreante na longa-metragem) não parecer possuir certezas em relação ao tom do seu próprio filme. Será que estamos perante mais uma tentativa de “revitalizar” o género musical?… A resposta é claramente negativa, já que nunca encontramos aqui soluções que ultrapassem o formalismo dos mais correntes spots televisivos. Ou procura-se uma certa revalorização (melo)dramática de toda uma paisagem geracional?

A trajectória de Cole (Zac Efron), o DJ que, com os seus amigos, ambiciona chegar às oportunidades míticas de Hollywood, é trabalhada através de uma rede de personagens que envolve, em particular, o seu mentor (Wes Bentley) e a namorada (Emily Ratajkowski). E se é verdade que tal opção confere ao filme alguns momentos de intensidade emocional, não é menos verdade que a preocupação de manter uma certa vibração (?) de teledisco limita drasticamente os resultados.

Em qualquer caso, digamos que “Nós Somos Teus Amigos” possui o valor próprio de um objecto sintomático que, aqui e ali, vai tentando desafiar os limites de um estilo “ligeiro”, banalmente televisivo. Para além do know how técnico da execução, com destaque para a direcção fotográfica de Brett Pawlak, sublinhe-se também a consistência do elenco — o destaque vai para Zac Efron, uma vedeta (ex-)juvenil que nunca aconteceu, cujo talento continua, em grande parte, por explorar.

Fonte




19 Responses to “Cinemax RTP – “Atribulações cinematográficas de um DJ””

Leave a Reply